Saber mensurar o condicionamento físico de um aluno para que ele possa iniciar as atividades físicas, seja ela na academia ou em treino funcional, é uma parte essencial do trabalho dos profissionais de saúde.

Conhecer os limites do nosso corpo é muito importante. Pensando nisso, a avaliação física \se baseia em três importantes pilares: avaliar, analisar e prescrever.

E como se trata de um procedimento tão importante no universo da atividade física, nada mais justo do que nos aprofundarmos sobre esse assunto. Se você quer saber mais sobre avaliação física, portanto, está no artigo certo. 

Ao longo do texto, não só iremos explicar o que é a avaliação física, mas falar sobre os cuidados necessários, os testes feitos e, claro, os benefícios de realizá-la. Boa leitura!

 

cta-adipometro-leitura-direta-dobra-cutanea-triceps

 

Leia Também:

Bioimpedância: Como Fazer e Equipamentos Necessários

 

O Que É Avaliação Física?

A avaliação física nada mais é do que uma análise do histórico e do condicionamento físico, por meio de testes, para que o profissional possa entender melhor a situação do paciente e, assim, possa introduzir o melhor tipo de treino para ele.

No geral, a avaliação física é feita em academias de ginásticas por profissionais da educação física, mas isso não significa que não possa ser feita por médicos e nutricionistas.

 

De Quanto em Quanto Tempo É Indicado Realizar a Avaliação Física? 

Uma dúvida que pode surgir em relação a avaliação física é justamente a periodicidade em que se deve realizá-la. É interessante que esse tempo respeite o máximo de 3 meses. 

Esse tempo é muito importante para garantir a eficácia do treino, comparar o desenvolvimento durante esses períodos e avaliar os resultados obtidos com a prática regular da atividade física.

 

Quais São os Testes Que Devem Ser Feitos na Avaliação Física?

Agora que já falamos mais sobre o conceito da avaliação física, seus cuidados e periodicidade, está na hora de adentrar nos testes que ela envolve. Vamos falar sobre alguns deles nos próximos tópicos.

 

Anamnese

anamnese-avaliacao-fisica

A anamnese costuma ser a primeira etapa da avaliação física. Nela, o profissional irá buscar reunir o máximo de informações possíveis sobre o avaliado. Entre esses dados coletados, portanto, estão, por exemplo:

  • Histórico dos familiares;
  • Costumes e hábitos do paciente
  • Histórico de atividades físicas;
  • Cirurgias já feitas;
  • Histórico de lesões e problemas;
  • Questões emocionais.

 

Antropometria

A antropometria é a parte da avaliação física encarregada de medir o corpo do paciente e coletar dados sobre a composição corporal dele. Portanto, ela envolve medidas como por exemplo:

  • Peso: a partir da balança;
  • Altura: por meio do estadiômetro;
  • IMC: através de cálculos;
  • Circunferências: através da trena antropométrica;
  • Diâmetro ósseo: a partir do paquímetro.

 

 

Dobras Cutâneas

As dobras cutâneas se definem como a medida da espessura de duas camadas de pele e a gordura subcutânea e servem para oferecer informações sobre a adiposidade corporal do paciente.

As dobras cutâneas são medidas por meio de adipômetros.  Entre as dobras cutâneas que podem ser medidas com o adipômetro, estão:  

  • Tríceps (TR);
  • Subescapular (SB); 
  • Bíceps (BI);
  • Axilar média (AM);
  • Torácica ou peitoral (TX);
  • Supra-ilíaca (SI);
  • Supra-espinal (SS);
  • Coxa (CX);
  • Abdominal;
  • Panturrilha medial (PM).

 

 

Veja como medir todas as dobras cutâneas, visitando o nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCVmhVDbFBekGqcpXF4qp1jg/search?query=dobras%20cut%C3%A2neas 

 

Bioimpedância

bioimpedancia-avaliacao-fisica

Outra avaliação muito importante e que pode ser utilizada é a bioimpedância. Esse exame é responsável por avaliar a composição corporal do paciente, a partir da passagem de uma corrente elétrica de baixa amperagem pelo corpo do avaliado.

A partir dela, é possível ter dados sobre  a massa magra e massa gorda, a hidratação do paciente e a taxa de metabolismo basal e total.

 

Cuidados Necessários Para Realização da Avaliação Física na Bioimpedância

É preciso seguir alguns cuidados para se realizar uma avaliação física eficiente e precisa na bioimpedância. Por isso, é importante que o paciente siga algumas orientações.

Entre elas, está a necessidade de evitar, nas 12 horas que antecedem a avaliação física, o consumo de bebida alcoólica e cafeína, a prática de atividade física e a ingestão de alimentos fora da dieta alimentar.

É importante que na meia hora anterior o paciente esteja em jejum. Além disso, é interessante que o paciente priorize roupas de ginástica para realização dos testes, para que isso não comprometa a obtenção dos resultados. 

Vale ressaltar também que a avaliação física é contra indicada para portadores de marca-passo cardíaco e gestantes.

 

Testes Funcionais

Os testes funcionais, por sua vez, servem para mapear as disfunções e compensações no movimento do paciente, com  objetivo de corrigir e  reduzir a possibilidade de lesões.

Dessa forma, eles irão identificar vícios posturais, músculos estabilizadores fracos ou com tensão excessiva e a falta de flexibilidade. 

 

Avaliação Postural

A avaliação postural será responsável por analisar a postura do paciente. Dessa forma, analisa a possibilidade, por exemplo, do paciente ter problemas como lordose, cifose e escoliose.

 

Testes Neuromusculares

Os testes neuromusculares tem como propósito analisar a força dos grupos musculares flexores e extensores. O objetivo é identificar alguma assimetria na força desses músculos.

 

Avaliação da Flexibilidade

Já a avaliação da flexibilidade procura identificar possíveis grupamentos musculares encurtados que podem gerar alterações posturais, de padrões de movimentos e até dores articulares.

É a partir dela que será possível se ter maiores amplitudes de movimento durante os exercícios físicos.

 

Avaliação Cardiorrespiratória

Por fim, a avaliação cardiorrespiratória vai observar o condicionamento do indivíduo em realizar exercícios dinâmicos, avaliando o consumo máximo de oxigênio. Quando melhor for a aptidão cardiorrespiratória, haverá menos chance de distúrbios orgânicos.

 

Quais os Benefícios em Fazer Uma Avaliação Física?

A avaliação física é essencial, em primeiro lugar, pois direciona a atividade física do paciente de acordo com suas limitações e seus objetivos. O profissional consegue ser mais assertivo após a avaliação.

Ao mesmo tempo, ela pode ajudar o indivíduo a detectar problemas de saúde que iriam comprometer a execução das atividades físicas. Por fim, é através da avaliação física que se pode ter certeza do sucesso de um treino e, se necessário, realizar adaptações. 

 

cta-linha-completa-avaliacao-fisica

 

Conclusão

Nesse artigo você pode entender mais sobre a avaliação física e a importância que ela tem para o desenvolvimento do paciente durante seus treinos.

 

Continue lendo…

Medidas Antropométricas: O Que São, Tipos e Instrumentos

By Published On: 21 de outubro de 2021Categories: Saúde e Bem Estar0 Comments

Compartilhar

Leave A Comment