Para os nutricionistas, ter uma clínica de nutrição própria pode ser bastante vantajoso, afinal, tem-se maior autonomia nas decisões e, dessa forma, é possível ter maior produtividade no seu trabalho. 

No entanto, antes de abrir uma clínica de nutrição, é preciso saber quais são os primeiros passos. Você sabe o que é preciso para montá-la? Desde o estudo de mercado até a divulgação da marca, é preciso conhecer diversas estratégias.

Se você ainda não conhece todas elas, nesse artigo, vamos te ajudar com isso. Além de saber tudo que você precisa para abrir sua clínica de nutrição, vamos falar mais sobre os equipamentos que não podem faltar nela. Boa leitura!

O que é preciso para montar uma clínica de nutrição?

Agora, vamos falar sobre todas as etapas importantes no processo de abertura de uma clínica de nutrição.

Estudo de mercado

Em primeiro lugar, é essencial que o profissional faça um estudo de mercado. O modelo de negócio da clínica de nutrição se baseia, por sua vez, na prestação de serviços diretamente aos consumidores finais. 

Como você deve saber, os pacientes buscam o nutricionista para auxiliar em seus tratamentos de saúde, seja com o objetivo de emagrecer ou de melhorar o desempenho esportivo.

No entanto, é importante que o profissional tenha um foco. Quanto mais especializado, ele pode focar mais no público alvo que deseja atingir. Sendo assim, o profissional que deseja focar em nutrição esportiva, por exemplo, deve estudar bem esse mercado.

Investimento e lucratividade

Para abrir uma clínica de nutrição, é essencial saber qual será seu investimento e, principalmente, qual será seu retorno. 

O nutricionista deve, portanto, realizar cálculo da viabilidade do negócio, considerando quanto será preciso investir para alcançar a lucratividade almejada. Essa etapa é primordial para evitar futuros problemas financeiros.

Além de ter uma reserva financeira para os meses iniciais, o profissional deve incluir todos os gastos que terá com o estabelecimento, fazendo uma estimativa dos custos tanto de construção como os gastos fixos mensais de manutenção da clínica.

Abertura da empresa

A abertura da empresa é uma parte burocrática, mas também muito importante durante o processo de criação da sua clínica de nutrição. Para isso, o nutricionista deve procurar por um especialista para auxiliar na parte trabalhista e tributária.

É importante também regularizar e ter em mãos todos os documentos necessários para abrir uma clínica de nutrição. São eles:

  • Documentação na Junta Comercial;
  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento.

Espaço adequado para uma clínica de nutrição

Como a clínica de nutrição vai ser um espaço físico para receber seus pacientes, você deve investir no espaço mais adequado e confortável possível. Em primeiro lugar, é essencial investir em uma infraestrutura que atenda às exigências sanitárias, por exemplo. 

Além disso, você deve pensar em toda a usabilidade e acessibilidade que seu consultório deve oferecer para seus pacientes, principalmente pensando no seu público alvo.

Você pode investir em um projeto arquitetônico com um profissional da área para que o aproveitamento do espaço físico seja o melhor possível.

Escolha de profissionais qualificados

Sua clínica de nutrição também vai precisar contar com outros profissionais, além de você, e trata-se de uma escolha muito importante. Sendo assim, alguns profissionais básicos que devem fazer parte da sua clínica de nutrição são, por exemplo:

  • Administradores;
  • Outros nutricionistas;
  • Recepcionistas ou auxiliares administrativos;
  • Técnicos em nutrição.

Esses profissionais vão ser essenciais para garantir a gestão de processos da clínica de nutrição, oferecendo um serviço de qualidade para todos os pacientes atendidos.

Divulgação da marca

Por fim, se você está investindo em um espaço físico, é preciso que ele tenha um bom fluxo de pessoas para que se mantenha. Uma das formas de se divulgar é justamente pelo marketing da sua marca.

Como você tem seu público alvo bem definido, você deve criar mecanismos para atingir esse nicho específico. Você pode investir em publicidade online e offline para que consiga atingir maior número de pessoas.

Equipamentos necessários para uma clínica de nutrição de sucesso! 

clinica de nutrição equipamentos

Agora que você já sabe como abrir sua clínica de nutrição, vamos falar mais um pouco sobre alguns equipamentos que você vai precisar adquirir para o seu consultório. Alguns deles são:

  • Bioimpedância;
  • Estadiômetro;
  • Adipômetro.

Bioimpedância

A bioimpedância é um aparelho essencial para uma clínica de nutrição e oferece uma medição completa dos índices corporais, como a massa magra, a gordura corporal, taxa de metabolismo basal e a hidratação corporal.

De forma geral, as bioimpedâncias funcionam a partir da magnitude da oposição do substrato biológico à passagem de uma determinada corrente elétrica para medir esses valores do paciente.

Um dos melhores fabricantes desses equipamentos é a Sanny. A Sanny é referência nacional nesse setor.

Estadiômetro

Outro equipamento importante em uma clínica de nutrição são os estadiômetros. Como os nutricionistas sabem, o estadiômetro é o equipamento indicado para realizar a mensuração da estatura durante uma avaliação física.

Existem tanto estadiômetros fixos, como estadiômetros portáteis e estadiômetros compactos no mercado. Um dos fabricantes desse equipamento com destaque no mercado é a Sanny.

Adipômetro

clinica de nutrição adipometro

Por fim, outro equipamento utilizado na clínica de nutrição é o adipômetro. Ele é um instrumento capaz de medir a espessura de uma dobra cutânea com a sua camada subjacente de gordura, oferecendo medidas exatas.

Uma das melhores fabricantes de adipômetro é a Sanny, sendo referência nacional para esse produto.

Conclusão

Nesse artigo, mostramos tudo que você precisa saber para abrir uma clínica de nutrição. Escolher os melhores equipamentos é essencial para ter sucesso no seu consultório!

By Published On: 10 de setembro de 2021Categories: Profissionais da Saúde0 Comments

Compartilhar

Leave A Comment